NOTÍCIAS

INAUGURAÇÃO DA “COMUR – MUSEU MUNICIPAL” - Radio SFM 98.1

INAUGURAÇÃO DA “COMUR – MUSEU MUNICIPAL”

A Câmara Municipal da Murtosa irá inaugurar no próximo dia 21 de Fevereiro, pelas 15 horas, a Comur - Museu Municipal da Murtosa, numa cerimónia presidida pelo Secretário de Estado do Mar, Professor Doutor Manuel Pinto de Abreu. 

Este espaço museológico dedicado à História de uma comunidade e à Fábrica de Conservas da Murtosa, procura ser exemplo de uma estratégia sustentada no labor de um povo que sempre conseguiu transformar adversidades em oportunidades.

A COMUR está intimamente ligada à Murtosa. As conservas de enguia são, ainda hoje, uma das nossas imagens de marca e as grandes embaixadoras da Murtosa fora de portas. Existem, por esse país fora, muitas conserveiras e uma série de espaços museológicos associados à indústria conserveira, mas conservas de enguia, só mesmo na Murtosa. É nossa marca identitária e diferenciadora.

Neste museu podemos conhecer a história da fábrica e da comunidade onde ela se insere, vendo o desenvolvimento do processo conserveiro e as suas fases.

Aqui aprendemos como as características específicas da Murtosa e da Ria deram origem a esta unidade fabril, como trabalhavam os seus operários e qual o processo completo de produção de conservas desde a chegada do peixe até à expedição das conservas.

Este é um Museu inovador, multidisciplinar no qual convivem e dialogam a Murtosa, a Ria, o mar, o trabalho, a indústria, a publicidade e a gastronomia.

A investigação histórica, os estudos e levantamentos efetuados e a intervenção arquitetónica realizada pela Câmara Municipal da Murtosa, permitiram a salvaguarda de um edifício histórico que serve agora de guardião da memória e das histórias de todos aqueles que trabalharam na “Fábrica das Enguias”.

Com um investimento de cerca de 1,3 milhões de euros, o Município da Murtosa adquiriu, renovou e instalou um Museu de nova geração que se quer uma referência no panorama museológico nacional e regional. Dotado de uma museografia contemporânea, que alia design, conteúdos de qualidade e interatividade, este espaço distingue-se pela sua capacidade pedagógica de envolver os diversos públicos na história de uma fábrica, dos seus trabalhadores e, no fundo, de toda uma comunidade.


História da COMUR

A COMUR é uma história que se conserva há mais de setenta anos, sem prazo de validade! 

Desde os inícios do século XX que muitas murtoseiras se dedicavam à fritura e venda da enguia nas feiras e romarias da região centro indo à Guarda, Mangualde, Oliveira de Azeméis, Trancoso, Viseu… 
Com a devastação da II Grande Guerra havia uma enorme procura por alimentos e surgiram oportunidade de negócio. Através de um agente comercial, de Itália vem uma encomenda para 2500 barricas de enguias, espécie que abundava na ria.

Mas a lei exigia condições higiénico-sanitárias para a laboração o que ameaçava a produção mais ou menos artesanal de base caseira. Procurando resolver a situação, produtoras e homens de negócio agregam-se, unindo interesses e a 7 de Novembro de 1942, por escritura pública, constituem uma sociedade por cotas denominada «Fábrica de Conservas da Murtosa, Lda.».

A empresa prosperou e foi ganhando notoriedade, exportando os seus produtos para os quatro cantos do mundo.
Em 1997, a empresa deixa a velha “Fábrica das Enguias”, em pleno centro de Pardelhas, mudando-se para a Zona Industrial da Murtosa, onde continua a laborar actualmente.



SFM TV